Grito Rock é atitude!

0

Coluna Cultura Itinerante – Por Marta Rodriguez

Em inúmeras ocasiões, são muitos os impedimentos fantasmas que se interpõem entre nós e nossos mais extravagantes sonhos. Fantasmas porque na realidade só são medos e falsas limitações que finalmente conseguimos derrubar com atitude e coragem.

Atitude. É uma das minhas palavras preferidas. Quantas loucuras e quanta vida levam implícitas! É ela a que determina nossa altitude. E sobre altitude o Grito Rock sabe muito. Em sua 14º edição abre as asas e voa mais alto do que nunca.

Um Festival que acontece em mais de 300 cidades e 50 países anualmente, conectando artistas, bandas, produtores, instituições… Promovendo a cena independente e cultural de cada local com ações de troca de serviço, entre outros. Com a lógica colaborativa como filosofia, os agentes culturais chegam perto, a fim de ajudar e produzir sem preocupação com o valor monetário e sim com o desejo de realizar a ação de fato.

Grito Rock 05

Oficina Grito Rock Fortaleza 2015

A proposta de 2016 veio para reforçar o caráter de resistência do evento, com a obra conceitual do provocador artista argentino León Ferrari. Umas pinceladas de juventude e ousadia que caracterizam a luta e o sangue latino, a resistência e vivencia cultural em todo o território mundial. O formato do Grito Rock em Fortaleza aumenta, se expande e contemplam desde os espaços públicos, até pequenas casas de shows, palcos, comunidades e centros culturais.


O conceito Grito Rock, não pretende fazer referencia ao estilo musical e sim a atitude com a que o Festival é realizado, pelo Fora do Eixo com apoio do Toque no Brasil e dezenas de novos produtores cada ano. Abrindo sempre espaço para todos os ritmos e expressões, novos formatos, novas línguas, poesia, fotografia, ecologia, educação, géneros, responsabilidade, formação. A programação do Grito Fortaleza compreende os meses de Abril e Maio, recomendo que fiquem atentos na página oficial, porque em breve começam as surpresas.

Nós fala sobre a experiência no Grito Denis Nacif, gestor de comunicação do Grito Rock no Brasil. Amante das redes sociais, gosta de estar sempre conectado, trocando ideais e propostas com gente de todo o mundo. Entrou na rede Fora do Eixo em 2013, realizando a cobertura fotográfica do Grito Rock em João Pessoa. Assim começou um percurso que levou ele participar de vários eventos no Brasil: o Congresso em Brasília, Festival Macondo Circus em Santa Maria, Feira da Música em Fortaleza… Entre são Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba e Ceará passou por diversas realidades, que define como marcantes e enriquecedoras.

denis site

Dênis Nacif – Casa Fora do Eixo Nordeste | Gestor de Comunicação Grito Rock Fortaleza

Quando perguntei a Denis qual era seu grito, ele respondeu assim: “Meu Grito é por liberdade e igualdade, vejo o festival também como oportunidade de levantar minhas bandeiras, minhas lutas e meus desejos de mudança, seja no texto que escrevo, na foto ou vídeo que faço, nas artes que divulgo, o tempo todo estou em contato e conectado com aquilo que pode sim fazer a diferença na vida de alguém”.

Também conversamos com Majo Giovo que nos conta sua experiência desde Argentina. Jornalista, 32 anos, membro da plataforma ativista latino americana Facción, comunicadora do Clube Cultural Matienzo e condutora de Facción Radio, defensora da cultura livre e disposta a conectar redes pelo mundo. Brasil, Uruguai e Bolívia são algum dos destinos que Majo percorreu graças a comunicação em rede.

majo

Majo Giovo – Grito Rock Argentina

A edição de 2016 é a primeira experiência para Majo dentro do Grito Rock e é responsável pela comunicação e articulação do Grito Rock Argentina. Ela nos fala sobre o caráter renovado da nova proposta e a quantidade de campanhas interessantes que são lançadas nessa edição. Em especial o Grito D ELLAS. Sem duvidar, o grito de Majo vai para nós mulheres: “Mujeres productoras, vamos juntas!” Grita.

Grito RockO Grito D´ELLAS, que conecta e auxilia produtoras e produtores de todo o mundo, promovendo a ação de igualdade de gêneros na realização do festival em cada cidade. Estimulando as mulheres as serem curadoras, diretoras, artistas e participes de todo o processo. É hora de mudar o cenário, companheiras!

Escutar, vivenciar e compartilhar essas experiências são um dos motores que me fazem seguir pensando que sigo “No caminho do bem”. Uma forma de vida que só a Cultura Itinerante pode oferecer, e que para quem pense o contrário, é possível, sim.

Eu grito firme e forte pela música, pela diversidade cultural, porque não existe atitude mais linda que quando duas culturas diferentes se olham profundo e se abraçam. Grito pela integração, pela mestiçagem, pelas não fronteiras e o respeito aos verdadeiros valores humanos.

site 3

Grito rock Fortaleza 2015

O Grito Rock Fortaleza recebe essa edição com uma equipe firme e forte que planeja, cria e realiza junto uma programação cultural que promete chegar a todos os ouvidos. Inscrições abertas para aquelas bandas que queiram mostrar seus projetos, deixar suas mensagens, nos emocionar com sua arte.

Mais informações Grito Rock Fortaleza
FAcebook PNGinstagram png
Por Marta Rodriguez
Viajante e curiosa por natureza, caminha estabelecendo conexões artísticas por diferentes partes do mundo. Leva a aventura e a música como filosofia de vida e transformação social.

Share.

Leave A Reply